Bem-vindos!





O blog foi desenvolvido com o objetivo de mostrar a outras pessoas meus textos, não-textos, viagens, lombras, idéias, não-idéias, poesias ou algo parecido ou nada parecido :P

Espero que gostem, entendam, compreendam e, se possível, reflitam nas horas vagas ou nas vagas horas do nosso cotidianO :P

domingo, 20 de junho de 2010

Encefalograma

Esta é uma possível imagem do que seria obtido num cotidiano encefalograma
Um retrato de algum momento x
Um reflexo do que estaria acontecendo
em algum ou alguns muitos ou poucos segundos na minha mente
Cada elemento na figura tem um ou mais significados para mim
Cada pixel tem sua mensagem a passar
Vai a tentativa de reflexão dos nossos pensamentos
A sabedoria para interligar a imagem ao mundo
O mundo ao contexto
O contexto ao texto
E o texto a tudo que nos tem sido feito
Entenda da forma que lhe convir...interprete do modo que preferir...
e no contexto que a mente permitir...seja legal ou ilegal...de cara ou apenas legal...

Clique no link abaixo para visualizar o resultado do encefalograma
http://farm5.static.flickr.com/4058/4718577585_92760b65b5_b.jpg

sábado, 12 de junho de 2010

Só mais 5 minutos e eu acordo

E lá se vai mais uma vez o bom moço...
Mal acorda e já se vê prestando contas aos seus tabus...
Calça seus velhos chinelos, que já o entretém com seus desgastados debates
Caminha em direção ao banheiro...
Já pensando nas boas palavras que irá proferir nas cordialidades cotidianas...
Enquanto escova os dentes, presencia uma conversa entre seu coração e sua mente,
Que logo se torna um monólogo da racionalidade contemporânea padrão
Sente então o aroma de seus sonhos...
e se perde entre os azulejos brancos da parede à sua frente . . . . . .
mas, subitamente, as notícias matinais ecoadas por algum televisor famosamente profano o sugam dos minutos de reflexão.
Reflete o que já foi digerido...
Digere o que já foi refletido...
E segue...segue...cego...ops...segue...
Segue o caminho inconscientemente decorado...
Decorado de molduras...decorado por repetição...
Depara-se então com algo que o assusta e o surpreende...
Recebe um diferente bom dia...
Proferido por um espelho, que o observa com a expressão que o bom moço não degusta há algum bom tempo...
Mas vem à mente a informação de que tal espelho nunca fez parte daquela decoração...
E passa alguns minutos sentado em sua cama, esforçando-se para recordar...
E o silêncio é quebrado pelo inédito espelho, que então espele suas palavras:
Can't read my!
Can't read my!
No he can't read my poker face!
P-p-p-poker face, p-p-poker face!
P-p-p-poker face, p-p-poker face!

Prontamente suas sinapses nervosas voltam ao fluxo normal e o bom moço se recorda do espelho…
Que agora o fita com os olhos e a expressão mais facilmente reconhecíveis...
E segue então para o trabalho...um pouco perplexo com o súbito que teve por alguns minutos...mas aliviado por retomar sua (in)consciência...

terça-feira, 1 de junho de 2010

Discurso a 2


Encare-me pelo medo
Ameace-me com sua dor
Pergunte-me suas perguntas
Responda-me com seu rancor

Encoraje-me de coragens
Capitalize seus desejos
Junte-se aos fortes
Conte-me seus ensejos

Cordialize seus prazeres
Cultive suas esperanças
Lute até o fim
com o sorriso das crianças

Plante mais um tempo
Jorre suas lágrimas
Viva o poder
Desamarre suas amarras

Engrandeça os que não correm
Corra da preguiça
Conquiste o obscuro
Escureça sua ira

Odeie seu ódio
Ame o mais falso verdadeiro
Melhore suas crenças
Minimize seu desespero

Falhe menos
Cresça mais
Evolua até o fim
O fim não é só o capaz

Não julgue pelos princípios
Inicie sua verdade
Não minta pelo poder
Envelheça sem idade

Coma por prazer
Presenteie seu coração
Viole seus tabus
Nem sempre dê ouvidos à razão

Perceba melhor o tempo
Trate melhor os outros
Desafie seu orgulho
. . . e recomece tudo de novo . . .
Ocorreu um erro neste gadget