Bem-vindos!





O blog foi desenvolvido com o objetivo de mostrar a outras pessoas meus textos, não-textos, viagens, lombras, idéias, não-idéias, poesias ou algo parecido ou nada parecido :P

Espero que gostem, entendam, compreendam e, se possível, reflitam nas horas vagas ou nas vagas horas do nosso cotidianO :P

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

. . . Legalizem suas almaS . . .

Já é tempo de parar as engrenagens...está tudo no automático...
Vamos dar menos ênfase às garrafas...
Cortai vossos papéis...mesmo que figurativamente, já que a situação está cada
vez mais periclitante...
Olhem para os prédios de luxo à procura das estrelas...o material é mais fútil do que se televisionam por aí...e por aqui...
Não precisamos de tudo isso para viver...é só uma viagem prolongada...
Fazer o bem para quem está além e aquém...a quem devemos nos reportar?
Será que isso importa? Ou devemos sentir inconscientemente essa força maior?
Será que o que eu faço já é o suficiente para essa encarnação? Sempre me pergunto isso...
Quase sempre a resposta que dou a mim mesmo é que devo sempre fazer um pouco mais...
Vencer a cada dia a preguiça e manter longe de mim o lado ruim da ambição...(entendam...o lado ruim...o lado bom da ambição se faz necessário enquanto encarnados...)
Legalizem seus corações . . .legalizem a boa vontade . . . legalizem a honestidade . . . legalizem a importância do ser, desconfigurando o ser por ter . . .
A eternidade é docemente fascinante...dá para sentir na mente que somos além da carne...
Energia pura e eterna...
Mas o que fazer se a maioria dorme o sono profundo dos verbos banais?
Vamos lá classe! Quais são os verbos banais?!

Verbo ter! algum exemplo classe?
Eu tenho uma lancha, enquanto outros clamam por um lanche...

Verbo ganhar!
João ganha 37 mil reais por mês...José ganha uns quinhentos e algumas moedas...

Verbo ser!
Ela é diretora executiva de uma multinacional internacionalmente mundial (redundante não é mesmo? É só para ficar mais importante do que já é...)
Ele é auxiliar de serviços gerais...

E os verbos fundamentais classe?! Quais são?!
...e todos respondem: são os mesmos!

Vamos exemplificar então classe!

Verbo ter!
Eu tenho amor...eu tenho minha mãe...

Verbo ganhar!
João ganhou a confiança de Maria...

Verbo ser!
Somos eternos!
Somos a (i)legalidade de nossas almas . .. . ..  .


Um comentário:

  1. Oi! Adorei seu texto. Muito realista e muito do que penso também. Vi meus pensamentos em suas palavras.

    "Uma vida não questionada não merece ser vivida." Platão

    Aline

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget